Qual é PSTU?

by

Desde 2010 ajuventude de BH começou a se mobilizar com mais intensidade. Em 2011 o Movimento Fora Lacerda e o Grupo Anonymous deram o tom das manifestações nas ruas de BH! Um levante que acontece em todo mundo, lutando por melhores condições de vida, dignidade e justiça para todos. Lutamos contra o sistema Neo-liberal corrupto e elitista que governa em prol de grandes empresas e empresários.

Os motivos da luta são antigos, nova é a forma de organizar, mas não para todos. Os partidos políticos ainda não entenderam esta nova fase, não entenderam o que é um movimento sem lideres e sem rosto, não entendem o que é uma organização horizontal e rizomática. Caso soubessem já teriam optado por esta forma de organização para as bases partidárias. Mas não, continuam impondo hierarquias e modus operanti do século passado, acreditando que militante é o início da massa de manobra.

Mas nem todos agem assim, alguns militantes de diversos partidos de esquerda – PSOL, PSTU, PCB, PCR – aderiram aos movimentos. Isso é muito importante para a democracia, trocar idéias, aprender uns com os outros, compartilhar posturas e construir juntos. A maioria entendeu isso e participa dos movimentos com discrição e respeito.

Mas não é o caso do PSTU, aliás, é preciso separar: não é o caso da direção local do PSTU. É preciso respeitar o cidadão, o militante partidário, que está na luta e acredita na proximidade com estes novos movimentos. O problema da direção local do PSTU é acreditar que as manifestações de rua são o momento para o partido se mostrar. É acreditar que ao levar bandeiras para os movimentos estarão mostrando sua solidariedade. Infelizmente isso não é a verdade.

Quando o PSTU chega com suas bandeiras, sempre em maior número que os demais partidos e que o próprio movimento, está aparelhando a manifestação. Está dizendo para a população: olha nos fazemos parte disso. E não é verdade. Quem faz parte disso são alguns militantes do PSTU, o partido em si não ajuda em nada os movimentos que estão se articulando.

Assim PSTU vocês estão conseguindo ser antipatizados por todas as organizações. Jovens, sedentos por participação política se vem impotentes e desmoralizados por uma atitude ignorante e velha, ultrapassada.

E demais a mais, vai um desafio. Façam uma grande marcha de contestação a administração municipal. Mobilize suas bases, construam alguma coisa ao invés de querer se aproveitar das construções alheias. Na hora de fazer a janta ninguém aparece,  mas na hora de servi o prato são os primeiros da fila. É triste ver uma parte da esquerda desnorteada e sem saber como convencer os jovens de suas posturas, principalmente quando não conseguem nem mesmo criar um diálogo com os movimentos.

Se não conseguem se aproximar de forma digna e construir um movimento juntos, com diálogo, como podem escrever uma carta assinando em nome de um movimento do qual o partido nem faz parte? Que brincadeira é esta de conclamar uma união dos partidos de esquerda, usando um movimento?

Esperamos que estejamos juntos em todas as manifestações, venham de coração aberto e se possível ajudem a construir, antes de querer aparecer.

Tags: , , , , , , ,

8 Respostas to “Qual é PSTU?”

  1. Fora Marcio Lacerda BH - A difícil construção de um movimento... Says:

    […] Qual é PSTU? […]

  2. Alexandre Says:

    Muito bom. É realmente necessário que os partidos percebam que há um modus operandi diferente no ar sem ser, necessariamente, burguês e revisionista como – anotem aí – vocês serão rotulados num primeiro momento. É difícil para a esquerda, historicamente comprometida com uma estruturação secular de luta, ter mobilidade, agilidade, para ao menos compreender rapidamente o que acontece. Tanto a esquerda verdadeiramente lutadora, PSTU e outros, ligados diretamente aos movimentos sociais mais demandantes (Dandara, Anel, Camilo Torres, Brigadas, etc), quanto a pseudo-esquerda-cara-de-pau, representada pelo PT, que agora tenta em suas propagandas, desavergonhadamente, apropriar-se de uma ação globalizada sem donos. Mas um dia as coisas se ajustam. Não parem de lutar, não desistam. A ideologia cristaliza e engessa, uma nova ordem é possível tomando as ideologias apenas como parâmetro e não como dogma. Nós lutamos e conseguimos melhorar muito as coisas. O aperfeiçoamento constante, agora, está nas mãos de vocês. Não desistam. Evoluam muito o que conseguimos e ensinem, amanhã, aos seus filhos para que um dia tenhamos um mundo justo.

  3. Sturt Silva Says:

    Mas se o movimento é plural e autonômo o PSTU tem o direito de ir , mostrar suas bandeiras e escolher suas táticas e estratégicas durante o movimento!

    A forma de movimento apropecia isso. Censurar e evitar a liberdade de expressão como estas nesses mvimentos não condiz com os príncipios libertários desse novo movimento!

  4. Diego Says:

    Acho que a particpação de qualquer movimento, associação ou partido é é uma conquista monumental da democracia: o direito de organazição. Qualquer movimento que queira mudar alguma coisa ruim na sociedade deve contar com a presença física e visual daqueles que apoiam a manifestação. O problema da democracia brasileiras não são as coisas que são ditas, mas as coisas que NÃO são mostradas. Sejamos solidários com aqueles que mostram suas faces.

  5. cansada de partidos Says:

    No movimento de luta contra o aumento da tarifa do trasnporte público e pelo passe livre em BH em 2005/2006 aconteceu a mesma coisa. A discussão sobre as bandeiras de partido eram esvaziadas pelos mesmos (na época em questão PSTU e PCB) durante as reuniões e simplesmente ignoradas pelos partidários nas listas de discussão por email. Até chegar ao ponto de num ato na Praça da Liberdade manifestantes pró-passe livre fazerem os troskos recolherem suas bandeiras sob as furiosas palavras de ordem “abaixéssabandeira… (f.d.p!) abaixéssabandeira….!!!” Funcionou bem. Fica aí a dica. ;]

  6. Gah Souza Says:

    Esses partidinhos que pregam ideias falidas, que cairam lá com o muro de Berlim tiram qualquer credibilidade junto a população. São visto como bardeneiros, vagabundos, maconheiros com aquele palavreado ultrapassado como: Facista, reacionário. etc…

    Outra coisa interessante é como essa esquerdinha-tupiniquin que tem fonte de inspiração regimes genocidas onde democracia é “coisa de burgues” se apropriu da palavras ANONYMOUS que no resto do mundo É APARTIDÁRIA e defende A DEMOCRACIA E LIBERDE DE EXPRESSÃO. Se liguem cambada. SOCIALISMO, COMUNISMO não sobreviveu a seleção natural. Já era! Não se usa mais… Vai pregar esse papo de “libertário” lá em Cuba ou na Coreia do Norte pra ver se não vai pro PAREDÓN!

    AH! Ficar pelado em praça publica e atacar a PM foi a melhor anti-propaganda que se podia fazer. Quem tem mãe, filhos, familia não é obrigado a ver UM DEBIL MENTAL se achando no direito de ficar pelado em praça publica num local onde famlias e trabalhadores de verdade passam pra pegar metrô.

    Ainda por cima AGREDIR UMA EQUIPE DE TV QUE FOI LÁ DIVULGAR A PARADA???

    COMERAM MERDA? http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/02/04/interna_gerais,276166/homem-e-preso-apos-ficar-nu-no-evento-praia-da-estacao.shtml

    • Castro Says:

      Abordagem perfeita!
      Essa esquerdinha ultrapassada e dona de uma verdade que só existe na sua própria cabeça deveria ter a consciência de que muito ajuda quem não atrapalha!

  7. Marlon Lacerda Amancio Says:

    muito bom

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: