1917 – greve geral

by

1917 – greve geral

Anhangá Daren Niara

 

Geral. Hoje o dia nasceu. Todo segunda. Manhã. Cada manhã o sol anuncia. Greve. Azul. A faixa se estende novamente. 1917. Marca permanente na história. Os gritos saltavam distorcidos. Já sabíamos. Mas, não adianta mentir para história. A vida segue violenta. Há chancelas além da discórdia. Hahahahahaha… Saiu. A lembrança navega e a tropa se ergue em meio à babilônia. Trombetas gordurosas falseiam o canto. Um novo povo. Justiça, não pede razão. As gramas verdes, e valores do nada são questionados. Verba. Verdade. Dias de bastardos nas ruas. Nas praças. Uma nação. Bastarda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: