NOTÍCIA EXTRA-PRAIA

by

Os telejornais têm apresentado notícias longe do litoral sobre a morte de duas pessoas de um grupo de vinte, que portavam fardas polícias e armas. Além disso, foi divulgado através da assessoria de comunicação da PM que homens da polícia estão no Aglomerado da Serra para impedir vandalismos, incêndio a ônibus, manifestações e, principalmente, que as vilas que compõe o maior conglomerado de favelas da região metropolitana, se transformem num poder paralelo a exemplo do Rio.

O que apenas nós moradores e envolvidos com a vila sabem é que as pessoas executadas sumariamente pela PM faziam parte do circuito cultural e estavam envolvidas não o crime mas com uma arma muito mais sutil: a dança e o circo.

 

Não sei a opinião das pessoas que lêem este post, mas apoio totalmente as manifestações e torço para que tal como acontecer realmente os moradores do morro desçam (ou não, se assim preferirem) para  a praia, não pelo fato das vitimas serem também familiares de policiais, mas pela necessidade de voltarmos o olhar sobre as coisas da favela.

 

Entendo que muito dirão que é extremada as ações hostis com a PM, o incendiar de ônibus e veículos, mas é a forma encontrada para dar visibilidade a favela. Outros dirão que falar sobre estes assuntos não é a nossa praia, mas nenhum movimento é monolítico e não devemos nos preocupar apenas com aquilo que acontece na areia.

Anúncios

4 Respostas to “NOTÍCIA EXTRA-PRAIA”

  1. Rita Garella Says:

    Luther, é disso que temos que nos informar por aqui mesmo! Ótima iniciativa, e vamos vendo como coligar as questões da cidade em geral. Quem puder, nos mantenha informados por aqui, para também sairmos de um morro a outro, subir e descer (“sem ofegar”, como diriam os manos do grupo Julgamento).

  2. Caio Says:

    As atitudes do pessoal do morro não são extremas não. Extremas são as situações a que eles são expostos.
    Paciência tem limite. Já passou da hora do povo perder a o pudor e partir pra cima. Nenhuma revolta é silenciosa.

  3. Violência no Aglomerado da Serra « Deslocamentos Says:

    […] ótima reflexão sobre o assunto foi publicada no Praça Livre. […]

  4. Leonardo Says:

    Nasci no Aglomerado da Serra e estou na luta com os que ainda moram lá. Há pessoas criticando o incêndio aos ônibus e as pedras lançadas contra a PM. Mas, o que são as nossas pedras sem rumo contra as balas de fuzis certeiras deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: