Proibiram o piquenique!

by

Por Omar Motta

Sábado sempre dá praia.

O sábado começou devagar, até umas 14h devíamos ser umas 30 pessoas, mas até umas 16h já éramos pouco mais de sessenta, contados por mim.
A certa altura chegou um gigantesco caminhão para armar o palco para a Meia Maratona, marcada para o domingo e com a chegada anunciada para a Praça da Estação. A lateral do caminhão estava escrito “estrutura para eventos”. Alguns banhistas foram de roupas de banho e cartazes em punho para perto do caminhão para tirar fotos e registrar. Um dos funcionários que montava a parada falou pra eles saírem porque estavam atrapalhando a montagem (o que era ÓBVIA mentira já que estavam tirando fotos de uma distância até razoável). Uns 5 minutos depois apareceu a PM falando que tinham recebido uma reclamação de que alguns banhistas haviam subido no caminhão (????) e que se voltassem a atrapalhar a montagem eles teriam que reprimir.
Outra coisa que aconteceu foi por conta daquele BABACA do chefe dos fiscais, o burocrata altão, qual o nome dele?
Alguns banhistas trouxeram caixas de papelão com marcações de “metal”, “plástico”, “papel” e “orgânico”, para mantermos a nossa Praia sempre limpa. Daí chega este burocrata da prefeitura falando que tinha que tirar do chão as lixeiras de materiais recicláveis que havíamos levado se não ele ia ter que retirar todo mundo da praça. Segundo ele aquilo era ocupação indevida do espaço público. Depois a história mudou pra cadeira de praia, também proibida pelo artigo cento e oitenta e tal da legislação municipal (??). Muito blablablá depois, ele largou mão.
Passou um tempo e ele voltou falando que o isopor de cerveja que tínhamos (não tinha venda nenhuma, só farofada mesmo) também tinha que sair e já chegou pegando umas cadeiras de praia e falando que ia levar. Algum blablablá depois, a roda de samba foi se aproximando, colocamos as cadeiras no meio e brincamos de dança das cadeiras até o cabra desistir.
No auge da discussão com o cara sobre o isopor que ele queria levar, ele foi se exaltando e citando artigos da legislação municipal e tal, daí perguntei: porra, mas piquenique é proibido? “É.”. Ele também queria que retirássemos guarda-sóis, cangas e uma melancia do chão.
Percebemos que os fiscais da prefeitura e os policiais municipais gostam mesmo é de jogar truco. O fiscal chegou pegando a cadeira e se recusando a devolver, até que um banhista gritou seis: “então deixa recibo com sua assinatura e a explicação do porquê da apreensão, senão isto é roubo!” Daí ele soltou a cadeira. Os fiscais sabem que nenhum juiz do mundo vai justificar a apreensão da comida no isopor de um piquenique.
Anúncios

5 Respostas to “Proibiram o piquenique!”

  1. Bruno Says:

    O nome do boçal grandão é Cristiano.

  2. Dominic Decoco Says:

    “Bate aqui, Grandão”

  3. valeria Says:

    acho que a gente nao deveria mais falar com ele!!
    é um protesto! a gente vai “falar” na audiencia publica…
    quer catar nossas coisas, cata gatão!! a gente resiste em pé!

  4. tiago martins Says:

    KKKKKK

    FISCAL: “truco”

    BANHISTA “SEIS LADRÃO!!!!!”

    KKKKKK

    ótima!

    SABADÃO estaremos lá DE NOVO, apareça é super bem protegido, afinal vários fiscais e PMs estaram por lá para nos observarem!

    saudações

    tiago martins

  5. Júlia Says:

    hahahaha muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: