Nem assim.

by

Eles poderíam me poupar daquele imagem.

Cada cavalete de ferro que era colocado em volta da fonte era como uma haste, várias hastes que formavam uma gaiola.

Engaiolaram o espaço público.

Engaiolaram a água, fonte de vida.

“Mas rapaz, vamos fechar a fonte porque não se pode tomar banho aqui.”

Fiscais, homens da lei, binóculos do alto do prédio da Praça eram outras várias hastes de um pensamento gaiolístico enfim materializado.

Mas nem assim, nem assim o grito parou e nem vai parar.

“Você pode dizer o que quiser de mim, inventar mentiras e até publicá-las.

Pode botar no rádio e na televisão…nem assim! nem assim!” (Sérgio Sampaio)

Miro.

Anúncios

3 Respostas to “Nem assim.”

  1. Omar Says:

    engaiolaram também os jardins!

  2. Luther Blissett Says:

    “Soltem cachorros nos parques”

  3. froisbhz Says:

    Não creo que fizeam isto!!! Que isto!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: